Cultura & Arte Notícias Cultura & Arte História

O Histórico Rio Jequitinhonha

Rio Jequitinhonha Foto/Reprodução Mix AlmenaraO histórico rio Jequitinhonha tem aproximadamente de 800 mil anos de existência. Nasce no sopé da Pedra Redonda, Serra do Espinhaço, município do Serro e percorre 1.082 kms, sendo 886 kms em terras mineiras e 196 kms em terras do sul do estado da Bahia.

Esta extensa e formosa bacia hidrográfica, uma das mais importantes do país, serviu à exploração, ocupação e desenvolvimento sócio-econômico do nordeste de Minas Gerais, desde meados do século XVI quando foi acesso às precursoras Entradas que pioneiramente calcaram os férteis

e minerários solos da região do Vale do Jequitinhonha, até as primeiras décadas do século XX, perfazendo aproximadamente 250 anos longos anos como principal via à referida região.

Os antigos navegantes do rio Jequitinhonha o dividiram em duas distintas partes denominadas: Rio de Pedras e Rio de Areia. O rio de Pedras, cujo leito aflora inúmeros blocos de granito, começa conjuntamente ao seu início e como tal prossegue até as imediações da histórica e extinta Vila de Cachoeirinha, atualmente submersa pelas águas da hidrelétrica instalada em Itapebi, sendo que seu respectivo percurso navegável inicia-se no Pontal, local onde os rios Jequitinhonha e Araçuaí se encontram. O rio de Areia, cujo leito não possui pedras e tão somente areia, começa, conforme dito, nas proximidades da extinta Vila de Cachoeirinha, percorrendo em leito de solos baianos até o deságüe do rio Jequitinhonha no litoral belmontense, onde tributa-se ao Oceano Atlântico, antigo Mar das Trevas.

A partir de 1850, a navegação firmou-se como elo definitivo entre Araçuaí e Belmonte, dois grandes e influentes pólos comerciais, até quando as aberturas de estradas ocasionou seu irreversível fracasso. Em 1920, a navegação no rio Jequitinhonha tomou ímpeto dando impressão de reafirmar-se indefinidamente. Contudo, foi mera aparência. Sem dúvidas, a navegaçao neste rioestava fadada ao desaparecimento.

 

O Histórico Rio Jequitinhonha

Navegue